Projeto UmaHorta, uma iniciativa do criador Fabiano Crespilho que vai servir de inspiração pra muita gente!

Projeto UmaHorta, uma iniciativa do criador Fabiano Crespilho que vai servir de inspiração pra muita gente!
5 (100%) 6 votes

Conheça o projeto de Fabiano Crespilho, criador do UmaHorta no Telhado, que poderá ser uma das casas mais eficientes e sustentáveis da capital paulista.

Fabiano é artesão, economista, técnico de eletrônica, programador de computadores, e foi ao retornar de uma viagem do México ao Brasil em uma Kombi, depois de diversas experiências com a natureza e trabalhos comunitários que percebeu o quão benéfico seria para a sociedade uma moradia com espaço vivo.

Sem planejar, começou a construir uma horta aquaponica sobre o telhado da casa da sua mãe em São Paulo, foi então que deu início ao projeto UmaHorta.

A totalCAD, em entrevista com o Fabiano, trouxe algumas curiosidades sobre o projeto que vale a pena você conhecer:

totalCAD: Como surgiu a proposta de uma casa sustentável?

Fabiano: Estudei graduação e mestrado em economia, e aprendi bem o que é eficiência e sustentabilidade na teoria. Mas, ao terminar o mestrado que foi lá no México, comecei a viajar, morando em uma Kombi!

Foto: Kombi / motorhome em Mahahual, no México (2010).

E parava mais tempo nas localidades que ofereciam algo que eu desejava aprender.
Foi, assim, que vivi e trabalhei como voluntário no Instituto Mesoamericano de Permacultura, nas margens do lago Atitlán, na Guatemala. […]

Mas quando cheguei a São Paulo e lá de cima do telhado vi a cidade em volta, compreendi que não havia nada menos eficiente, sustentável e econômico do que um telhado!

O Sol fornece energia para todos. Nos lugares onde agora existem cidades, antes haviam plantas e outros organismos que aproveitavam essa energia. Mas as cidades ainda não fazem isso. Para se ter uma ideia, o telhado de 130 m² da minha casa recebe pelo menos 14.757 KWh de energia todo mês!

Pensa no que se pode fazer com isso! Não é possível transformar toda ela em eletricidade, mas somente para efeito de comparação, essa energia é 140 vezes maior do que geralmente consumimos da companhia elétrica a cada mês!
Eu explico isso em mais detalhes em um artigo disponível na Internet. […]  

totalCAD: Qual foi a sua inspiração para iniciar o projeto?

Fabiano: Subir em qualquer telhado é gostoso. Mas o da casa da minha mãe é especial. Acho que foi a vista impressionante que se tem lá de cima que me inspirou. É maravilhoso ver todo aquele céu e ter a Serra da Cantareira no horizonte, sem nenhuma construção fazendo sombra!

Foto: Vista do horizonte desde o UmaHorta no Telhado.

totalCAD: Quem você pensou beneficiar com esse projeto?

Fabiano: Primeiramente a mim mesmo! Eu gosto muito de criar, construir com as mãos e experimentar com ideias novas.

Pensei na minha mãe: Acredito que realizar atividades físicas em sua horta vai ajudá-la a manter-se com mais saúde e disposição.

Mas, acontece também que a casa está de frente a um semáforo importante de uma grande avenida daqui da periferia da capital paulista e o UmaHorta no Telhado pode servir de inspiração para muita gente!

Pretendemos receber visitantes gratuitamente e permitir-lhes criar a memória de uma experiência agradável em uma horta totalmente funcional sobre o telhado.

totalCAD: Como foi o processo de criação do projeto UmaHorta?

Fabiano: O UmaHorta está sendo construído de forma artesanal.
No começo, tinha todo o projeto somente na minha imaginação e alguns poucos rabiscos no papel.

Cada elemento do projeto começava a ter seus contornos soldados diretamente no próprio local. E, algumas vezes tive que modificar estruturas que já estavam completamente soldadas para incorporar necessidades que não tinha conseguido prever.

Não imaginava ser tão fácil usar um software de modelagem 3D.

Quando necessitei mostrar o projeto para os demais, tomei coragem, instalei a versão de avaliação gratuita do SketchUp e aprendi em instantes.
A parte superior do jardim já estava bastante avançada quando comecei a fazer o modelo 3D:

Foi necessário somente um vídeo-tutorial de 11 minutos para começar a trabalhar. Em questão de duas semanas, tinha uma primeira versão do pavimento inferior e superior da casa, trabalhando no modelo algumas poucas horas por dia, após o expediente da obra.

Era mais difícil tomar as medidas do que desenhar no SketchUp. E nele já incorporava detalhes surpreendentes do acabamento final com ajuda do 3D Warehouse!

Se eu soubesse que seria tão fácil teria aprendido no começo e economizaria muito tempo. É uma ferramenta completa e extremamente intuitiva.

Por vezes tinha a impressão de que o programa era capaz de ler meus pensamentos!

Desenvolvendo o trabalho em uma velocidade impressionante.

Com alguns cliques coloco milhares de trepadeiras e plantas no espaço, movo uma rampa de acesso e visualizo o resultado no projeto inteiro para, então, começar a soldar a peça no local.

totalCAD: A casa UmaHorta reutiliza a água e aproveita a energia solar para produção de alimentos, entre outras funcionalidades. De que maneira começou este planejamento? 

Fabiano: Um teto verde pode ser projetado para usar pouca água além da proveniente das chuvas. Mesmo assim, na maioria dos casos, é recomendável a rega nos períodos de estiagem.

Se a ideia é a de uma horta grande e sustentável, eu não poderia empregar a água tratada da Sabesp e deixá-la ir pelo ralo com os nutrientes. Seria um desperdício de recursos.

Então decidi dar mais um passo, capturar a água da chuva e tratá-la!

As plantas, peixes e demais microrganismos podem viver em um sistema aquapônico semifechado e tratar a água, alimentando-se do material orgânico adicionado nela.

Basta conhecer a natureza e copiar as condições ambientais que cada organismo útil para nós necessita para viver.

No UmaHorta temos um Reator Biológico, diferentes microclimas e dezenas de tanques em um esquema chamado de Living Machine.

Para automatizar isso, e manter a qualidade da água, adicionaremos alguns mecanismos de monitoramento e controle, como o balanço do PH e a cloragem da água a ser utilizada no interior da casa.

Corte longitudinal do Jardim Superior do UmaHorta para visualização dos fluxos

As plantas menores ficam na frente e não fazem sombra nas maiores que ficam no fundo.

A água dos tanques superiores desce pela ação da gravidade para os recipientes seguintes como em sistemas de terraças.

Os planos inclinados aumentam a resistência e proporcionam inclusive um desenvolvimento intelectual superior aos moradores.

Além disso, ao manter o telhado original por debaixo da horta, criamos um espaço protegido para abrigar os encanamentos e equipamentos e facilitar a manutenção. Além de criar um microclima especial para o cultivo de cogumelos e microrganismos que colaboram com o trabalho de filtragem e purificação da água.

totalCAD: Quais os desafios você encontrou para dar início a UmaHorta?

Fabiano: Acho que foi pensar em algo que é diferente do padrão e não conseguir compartilhar ideias tão complexas sem um apoio visual.
Com o SketchUp ficou mais fácil “dizer” o que estou fazendo:

totalCAD: Quais os aspectos positivos de uma moradia com plantas/espaço vivo?

Fabiano: Em primeiro lugar, as plantas são provavelmente as “máquinas” mais eficientes para aproveitar a energia solar e produzir bens diretamente úteis a nós humanos.

Painéis fotovoltaicos aproveitam somente 10% dessa energia e coletores térmicos 60%, na prática.

As plantas e microrganismos além de absorver quase toda energia solar e transformar as ilhas de calor em ilhas de bem-estar […]. Proporcionam água limpa, ar puro, úmido e agradável, aumentam a biodiversidade e controlam as pragas urbanas, ajudam a economizar recursos, embelezam a cidade, dão sombra, conforto térmico e acústico, motivam atividades físicas, aumentam a eficiência dos painéis fotovoltaicos, etc.

Com uma casa viva, temos um sistema onde todos ganham.

O ambiente vivo ao nosso redor é capaz de processar a nossa influência e nos devolver algo que nos alimenta energética ou mentalmente, além de materialmente.

Cada um entende isso de uma forma diferente. Alguns dizem que ter plantas em casas é terapêutico. Seja uma questão energética, espiritual ou mental. O que ocorre é que nos sentimos bem.

Vista renderizada do UmaHorta com a extensão Enscape 3D do modelo feito no SketchUp.

totalCAD: O design teria um padrão ou seria possível adaptar as necessidades de cada residência?

Fabiano: O mais legal é construir já se pensando no alinhamento da casa e coberturas para o melhor aproveitamento da energia solar e recursos!

No entanto, geralmente, se instala o teto verde adaptando-se às condições existentes dos telhados ou lajes para se minimizar os gastos.

Uma versão básica com plantas como pequenas suculentas pode ser montada sobre quase qualquer casa, negócio ou necessidade a um preço acessível e já apresenta um benefício imenso.

É bom estudar a capacidade de carga da cobertura e estrutura da casa, além das condições climáticas de cada caso. Já existem empresas especializadas em tetos verdes no Brasil. O Instituto Cidade Jardim é uma delas.

totalCAD: Quais os materiais utilizados na construção de um teto verde?

Fabiano: O problema do aquecimento global é relativamente novo. Os anos de desperdício de recursos, petróleo e energia também parecem estar no fim.

E o mercado de soluções alternativas está engatinhando ainda. Telhas verdes que substituirão as telhas convencionais, módulos completos para lajes, e quem sabe até mini-fazendas autossuficientes serão vendidas em breve como soluções padronizadas em materiais leves e baratos para qualquer situação.

Aqui no UmaHorta, a maioria dos recipientes são de alvenaria. Usamos aço, concreto reforçado com microfibra e cobrimos tudo com fibra de vidro.

Estamos reaproveitando madeira de construção para os decks dos caminhos. E alguns dos reservatórios para plantas serão banheiras e caixas d’água de fibra de vidro recicladas e reforçadas sobre estruturas metálicas.

Nosso projeto não é um teto verde típico, estamos fazendo uma mini fazenda aquapônica e autossuficiente em água e energia sobre o telhado. E uma grande parte do trabalho foi reforçar a estrutura da casa.

O Reator Biológico para o tratamento de esgoto, por exemplo, que foi feito em concreto armado e tem 6 metros de profundidade, provavelmente não existiria se não precisássemos reforçar a fundação da casa no mesmo local.

totalCAD: Como relaciona sua proposta com a arquitetura e como acredita que isso pode ajudar a sociedade em que vivemos hoje?

Fabiano: Somos demasiadamente sensíveis ao ambiente que nos circula.

O arquiteto molda esse ambiente nas cidades. Sabendo ou não, ele é responsável pela manutenção ou transformação dos padrões de comportamento de toda a sociedade.

Vivi um ano na Europa e 5 anos entre México e Brasil, e entendi na prática como cada padrão arquitetônico se relaciona com a cultura local.

E senti que nos falta vida nas nossas cidades. É como se vivêssemos em um ambiente sem cores. Ajuda um pouco explicar com palavras, mas o arquiteto, por meio de sua obra, produz a experiência sensorial completa e acessível a todos.

totalCAD: Ao decorrer do projeto e avaliando como as pessoas reagem, acha que estão dispostas a essa mudança?

Fabiano: Pode até levar tempo. Mas essa mudança já está ocorrendo na Europa, que é o berço da cultura que recebemos no nosso processo colonizador.

Lá, cada vez mais empresas trazem vegetação e elementos da “natureza” para dentro dos locais de trabalho pois já sabem que isso aumenta a criatividade e produtividade dos seus funcionários. Além de reter as mentes mais brilhantes e talentosas na equipe! Já tem até nome: Design Biofílico!

O fato é que somos consequência de bilhões de anos de evolução em meio às plantas e demais seres. Tirá-los do nosso dia a dia gera uma deficiência.

É questão de tempo para que o restante do mundo complete essa transição.

E aqui está novamente o papel fundamental do arquiteto!

Você viu como foi simples para o Fabiano iniciar seu projeto no SketchUp, tá esperando o que pra conhecer melhor a ferramenta? Baixe a versão de avaliação e encante-se!

 


Leia Também:

1 Comentários

  1. Avatar
    Camila Brazãosays:

    Nossa, adorei! É um sonho se tornando realidade
    Por mais casas com projetos assim

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.