Aprenda a calcular o ROI em projetos de arquitetura

Aprenda a calcular o ROI em projetos de arquitetura
Rate this post

A análise do ROI (Retorno sobre o Investimento) possibilita a projeção e avaliação de investimentos, facilitando a tomada de decisões. No entanto, muitas pessoas não entendem o que é ROI e como calculá-lo. Neste post, você entenderá a importância dessa métrica e como fazer o cálculo de ROI em projetos de arquitetura. Vamos lá?

Conheça a importância de calcular o ROI em projetos

Todas as ações feitas em um negócio precisam gerar algum retorno positivo. O ROI é uma maneira prática de saber se as ações que estão sendo feitas estão contribuindo para atingir os resultados almejados.

É preciso entender que o retorno que essa métrica mensura não é, necessariamente, um retorno financeiro. O ROI também pode se referir a algum retorno estratégico que vise aumentar a lucratividade do negócio.

O reconhecimento da marca, a divulgação de uma informação relevante para o público-alvo ou a melhoria do relacionamento com os clientes, por exemplo, são ações que podem ser quantificadas por meio do ROI.

Esse indicador é bastante utilizado pelas empresas para comparar os desempenhos de concorrentes a fim de redirecionar planejamentos estratégicos.

Para escritórios de arquitetura, calcular o ROI é uma maneira de demonstrar aos clientes a viabilidade dos projetos a serem realizados e os benefícios que serão gerados.

Entenda como fazer o cálculo de ROI

Um projeto possui começo, meio e fim bem definidos. Para calcular o ROI de projetos é preciso fazer uma estimativa de quanto tempo aquele projeto vai gerar ganhos.

A fórmula do ROI é a seguinte:

ROI = (Faturamento – Investimento total) / Investimento total

O faturamento é o ganho total obtido pela realização de determinada ação, enquanto o investimento total refere-se à soma de todos os investimentos feitos, incluindo custos e outros tipos de gastos.

Pode-se também obter o ROI em porcentagem. Para isso, basta multiplicar o resultado da equação descrita acima por 100.

Um resultado positivo indica que o investimento é considerado viável e lucrativo, pois o retorno superou os custos. Já um resultado negativo significa que o investimento gerou uma perda líquida, já que custos superaram os ganhos.

Segue abaixo um exemplo prático para você entender melhor como funciona essa fórmula:

Se um projeto de arquitetura gerou um ganho de R$ 60.000,00 e o investimento total foi de R$ 20.000,00, então:

(R$ 60.000,00 – R$ 20.000,00)/ R$ 20.000,00 = 2 x 100 = 200%

Nessa situação, o ROI foi igual a 2, o que significa que o projeto realizado gerou um retorno equivalente a duas vezes o valor do investimento inicial ou um retorno de 200%.

Quando diferentes investimentos são comparados, tendo riscos e outros fatores de influência iguais, o investimento com o maior ROI pode ser entendido como o melhor a ser feito.

Descubra em que usar a análise de ROI

Uma finalidade muito útil e prática para calcular o ROI é a simulação de cenários possíveis para facilitar a tomada de decisões.

Assim, em vez de tomar uma decisão e esperar determinado período de tempo para saber se aquela ação gerará lucro ou prejuízo, é interessante projetar os prováveis resultados que podem ser gerados para saber se o esforço a ser realizado valerá ou não a pena.

Por meio dessa estratégia pode-se antecipar oportunidades e prever riscos antes de executar qualquer ação que possa prejudicar a  performance do negócio ou de um projeto.

Além disso, o cálculo do ROI é um indicador muito versátil, que pode ser usado em várias atividades relacionadas ao negócio como mostrar o impacto de projetos no setor financeiro da empresa, ajudar na priorização de ações na gestão de projetos e medir a eficiência do projeto como um todo.

Veja como usar o ROI na gestão de projetos de arquitetura

Todo projeto se baseia em objetivos que devem ser alcançados dentro de certo período de tempo, utilizando um determinado orçamento e buscando a satisfação tanto dos clientes como da empresa.

Mas como saber se as metas podem realmente ser atingidas? Pois é aí que entram os indicadores de performance, que são essenciais para a gestão de projetos.

Definir metas realistas e monitorá-las periodicamente é um fator-chave para a gestão de projetos. No entanto, é necessário criar as metas com base em informações realistas, para que elas possam ser alcançáveis.

O ROI pode ser usado como uma ferramenta para a definição de objetivos e metas. Pode-se acompanhar o comprometimento dos colaboradores com metas de longo prazo, e não somente de resultados imediatos.

Outra vantagem do uso desse indicador é saber o investimento para a execução do projeto se pagará em curto, médio ou longo prazo. Tendo acesso a esse tipo de informação pode-se definir se o prazo do retorno está de acordo com o desejado.

Dessa forma, o ROI é uma métrica muito versátil, que pode ser utilizada para mensurar o retorno de diversas ações em diferentes setores do negócio.

A fórmula para calcular esse indicador é simples: basta ter em mãos qual o investimento e quais os custos da ação que se pretende analisar. O ROI é obtido subtraindo-se o investimento total do faturamento e, em seguida, dividindo esse resultado pelo investimento total. Quanto maior for o valor do ROI, significa que maior é a lucratividade alcançada.

Para a gestão de projetos de arquitetura, especificamente, o cálculo de ROI pode ser muito útil para auxiliar na definição de objetivos e metas, na análise da viabilidade de um projeto, identificação de prazos de retorno sobre investimentos feitos, fazer a priorização de ações e também para aumentar a eficiência na tomada de decisões.

No entanto, é preciso salientar que o ROI é apenas um dos indicadores que podem ser usados para quantificar resultados em projetos.
Existem muitas outras métricas relevantes para essa finalidade, tais como: desempenho do cronograma, produtividade da equipe, execução do orçamento, satisfação do cliente, etc.

Se você gostou desse post e quer ficar por dentro de outros conteúdos relevantes não deixe de nos seguir nas redes sociais! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter, YouTube e Instagram!

 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.