Jardim Vertical: Fique por dentro da nova tendência da Arquitetura por Vertical Garden

Adriano Watanabe, sócio da Vertical Garden, especialista em inovação em projetos de Paisagismo, conta nesse bate-papo um pouco sobre a idealização do negócio e a tendência do jardim vertical na arquitetura corporativa focada em vários benefícios para empresas, como por exemplo gerar ambientes de trabalho prazerosos para seus colaboradores e assim reter talentos, aumentar a produtividade e aliviar o stress da equipe.

totalCAD: Como surgiu o interesse pela área de projetos (design de interiores/arquitetura)?

Na verdade, eu nunca pensei na minha vida em trabalhar em outra coisa que não fosse projetos.

Desde a minha infância eu tenho um contato muito grande com a natureza, com plantas e flores.

Lembro de uma época da minha infância em que eu e meu irmão praticamente morávamos dentro da floricultura dos meus pais, e eu cresci com esse amor pela natureza e por projetos de paisagismo.

totalCAD: Hoje você é sócio da Vertical Garden, qual foi o insight para entrar nesse ramo de atividade?

A vertical garden surgiu em uma ideia de levar o pensamento corporativo, processos e tecnologia para um nicho em que há essa dificuldade de escala, como nos casos de plantas e flores, por se tratar de um produto muito complexo.

Nós vimos a dificuldade que profissionais, construtoras e corporações tinham em conseguir mão-de-obra qualificado e estruturada para atender grandes obras em que prazo, qualidade e payback tem que andar junto.

E foi ai que iniciamos a Vertical Garden, primeiro atuando com jardim vertical e fornecimento de insumos para paisagismo e depois desenvolvendo o Paisagismo de Performance que engloba um grande mix de produtos.

totalCAD: Qual importância do Paisagismo nos Projetos? Quais os benefícios?

É uma questão física e emocional. Estudos mostram que o contato com o verde pode reduzir o índice de cortisol (hormônio ligado ao Stress) a frequência cardíaca e a pressão arterial.

Quando temos contato direto ou indireto com o verde sentimos bem-estar, nos sentimos, mais criativos, mais calmos.

Hoje o paisagismo é uma das grandes estratégias para empresas gerar ambientes de trabalho prazerosos para seus colaboradores e assim reter talentos, reduzir taxas de abstenção, aumentar a produtividade e aliviar o stress da equipe.

Houve uma grande desconexão com a natureza nas ultimas décadas e agora o paisagismo entra novamente para trazer Biofilia pra arquitetura.

totalCAD: Qual o processo de criação desses projetos? Conte o que deve ser levando em consideração.

Nós entendemos que cada projeto é único. Quando falamos de processo de criação temos que considerar diversos fatores. Questões como: qual vai ser o uso do espaço, qual o local de aplicação da vegetação (tem iluminação, ar-condicionado, fácil acesso a manutenção), qual a verba do projeto, qual o conceito arquitetônico, etc…. diversos fatores influenciam na escolha das plantas.

O que é importante com relação a biofilia é entender que o ser humano, as pessoas que vão habitar aquele ambiente, precisam ser impactadas de algum modo com a natureza.

totalCAD: Como o tema sustentabilidade e responsabilidade ambiental entra no seu processo de trabalho.

Entra desde o processo da escolha dos nossos fornecedores ao descarte dos resíduos de uma obra.

Em grandes projetos fora de São Paulo, nós sempre tentamos trabalhar ao máximo com produtores locais, vamos conhecer os meios de cultivo e processos deles.

Para nossa linha de produtos importados, visitamos todas as fabricas e conhecemos os processos de produção.

Hoje a Vertical Garden faz a compensação de carbono (CO2) gerado em todas nossas atividades e somos uma empresa associada ao GBC (Green Building Council) onde nossos diretores participam inclusive de alguns comitês.

totalCAD: Existe algum impedimento ou limitação para criação de projetos de jardim vertical? Quais locais mais indicados e apropriados para explorar o jardim vertical?

Hoje existem técnicas e tecnologia para tudo. Mas há sim casos em que nós recomendamos um tipo ou outro. Por exemplo, nossos jardins verticais de vegetação natural são projetados por um sistema hidropônico, onde as plantas não são plantas em terra, mas em mantas que recebem todos os nutrientes por meio da irrigação.

Como atendemos um perfil de cliente que busca um produto um pouco mais diferenciado, então nossos jardins naturais montamos somente quando conseguimos incluir no projeto uma casa de maquinas o que nos permite programar irrigação automatizada, monitorar a saúde das plantas, a humidade do local, criar zonas de irrigação por tipo de vegetação e gerenciar tudo através de sistema em Cloud do nosso escritório.

Nesse caso precisamos de alguma infra-estrutura de Civil como hidráulica, drenagem, elétrica e Wi-Fi.

Mas temos Jardins com musgos que não precisam de manutenção nem irrigação, plantas preservadas, plantas permanentes de tecido.

Enfim, sempre vamos apresentar uma solução para levar o verde a um projeto.

totalCAD: Quando optar por paisagismo natural ou permanente?

Sempre que possível sugerimos o paisagismo natural. Mas aí você me pergunta, e quando não é possível? Em ambientes não propenso as vegetações naturais.

Por exemplo, se você colocar uma planta natural em um local onde ela não recebe iluminação solar e sofre com variações de temperatura do ar-condicionado, você vai colocar ela lá para morrer.

E aí a cada 20 dias tem que trocar a planta. Então em locais que não são propícios para vegetação natural, as plantas permanentes são uma ótima solução.

Outras situações são em locais de difícil manutenção ou que a rotina do proprietário não o permita fazer a manutenção adequada.

Em grandes empreendimentos, nós entramos com uma estratégia verde fazendo um mix de vários tipos de vegetação, tanto as naturais quanto as permanentes, preservadas e musgo.

Com isso conseguimos reduzir consideravelmente os custos de manutenção e transmitir a mesma sensação de bem-estar que os ocupantes do local precisam sentir com a biofilia.

totalCAD: O que vocês mais priorizam na criação de design ao criar os espaços?

O dia-a-dia do cliente. Nós não levamos em conta apenas a estética, mas sim todos os fatores que vão influenciar para o sucesso do projeto.

Em ambientes corporativos olhamos o projeto do ponto de vista da Arquitetura, de faciliteis e do Investidor. Em ambientes residenciais, o briefing é a base de tudo.

Mas vale ressaltar que um dos grandes fortes da Vertical Garden é implantar o paisagismo de performance, então muitas vezes recebemos projetos já criados por grandes profissionais do mercado e cuidamos da implantação que o projeto merece. Para isso usamos muita tecnologia.

totalCAD: Teria algum projeto de sucesso que gostaria de compartilhar?

Nós temos grandes obras em todo o Brasil, costumamos dizer que o último projeto é sempre o que mais gostamos.

Mas há sim alguns que estão em nosso “coração”.

O projeto do andar da Biofilia da It’s Informov, onde eles nos propuseram esse projeto inovador e com a cara do escritório e cuidamos de toda a viabilização.

Escritório It’s Informov – Andar da Biofilia – Vertical Garden

Outro projeto que foi um marco de operação para nós, foi a implantação de mais de 150m² de jardim vertical natural e todo o paisagismo para o MIS (museu da Imagem e do Som) em SP.

Havia uma inauguração da exposição de Leonardo da Vinci e o museu nos procurou 1 semana antes para fazer o projeto, aprovar e implantar.

Enfim temos vários, trabalhamos na implantação de mais de 1.000m² de telhado verde da icônica nova sede do Bradesco, em Shoppings da Bahia.

Ah… mas tem outro que não posso deixar de trazer o case.

A implantação da biofilia no Hospital Beneficência Portuguesa. Havia uma área absolutamente controlada no hospital, em que pacientes de transplante de medula óssea ficavam internados até 6 meses sem poder sair do local.

Conseguimos levar os musgos preservados vedados com vidro e marcenaria para o ambiente e assim entregamos a biofilia, o bem-estar, sem nenhum risco de contaminação de micro-organismos que nesse caso uma planta em seu estado natural poderia levar.

 

totalCAD: Quais softwares você utiliza para projetar?

Eu não consigo imaginar alguém da área de paisagismo fazendo um projeto 3D que não seja no SketchUp Pro.

Em nosso workflow nós recebemos muitos arquivos em IFC (BIM) e DWG.

Levamos isso para o SketchUp e modelamos.

jardim vertical do hospital beneficiência portuguesa

Também utilizamos o ZWCAD em nossa área de projetos. Também temos notado uma grande tendência em tecnologia de Realidade Virtual e Realidade Aumentada, e já iniciamos a implantação desses softwares em nosso modelo.

totalCAD: Quais os diferenciais que o software proporciona?

Agilidade de criação, extensa variedade de componentes 3D, e fidelidade de projeto. Quem trabalha com paisagismo sabe a dificuldade que é encontrar modelos prontos e leves para usar no projeto.

Nós adoramos o SketchUp nesse sentido. Aliás, nós produzimos os blocos dos nossos produtos (de jardins verticais a composição de vasos) e disponibilizamos na nossa página do 3D Warehouse para facilitar que arquitetos especifiquem em seus projetos.

totalCAD: Quais os desafios do setor?

O mercado de plantas não é simples, é um produto muito peculiar. Por exemplo, quantas vezes pegamos projetos em que foi especificado meses atrás e na época da implantação as vegetações especificadas não estão em fase de floração ou estão em crescimento.

Há também dificuldade em conseguir mão-de-obra bem treinada e qualificada, não há muitos cursos e demanda no Brasil. Por exemplo, nós criamos nossa própria plataforma de Treinamentos internamente.

Sempre que contratamos um novo colaborador de obra, ele precisa passar pelos nossos cursos e se certificar antes de ir pra campo.

Enfim, tivemos que criar algumas soluções para poder escalar, coisas que talvez não precisássemos em outros segmentos.

totalCAD: Qual o maior diferencial da Vertical Garden?

Nós viabilizamos tudo o que for necessário em paisagismo e biofilia. Temos tecnologia, estrutura corporativa e equipes multidisciplinares que desde o primeiro contato com nossos clientes buscam atendê-los do modo que eles precisam, no prazo que precisam e dentro do orçamento do projeto.

Nós entendemos que temos que prover uma experiência de projeto, seja para nossos parceiros da arquitetura seja para o cliente final.

Esses diferenciais nos levaram a abrir escritórios em Miami e Europa, para atender nossos clientes onde eles estiverem.


Conheça um pouco mais, Vertical Garden.

Adriano Watanabe – Vertical Garden Paisagismo de Performance com sede na Rua Colégio Pio XII, 08 – São Paulo, SP (Matriz) Morumbi SP.
Instagram: instagram.com/vertical_garden E-mail: atendimento@verticalgarden.com.br e (11) 4878-2188

 

 

 

Leia Também:

0 Comentários

  1. Avatar
    Fabianosays:

    Que lindo o Escritório It’s Informov!!!!!
    Parabéns pelo trabalho!
    Muito sucesso!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This