Tom Kaneko Design & Arquitetura: Do Esboço ao Design, Construindo na Prática

Tom Kaneko é designer de arquitetura e ninja do SketchUp especializado em reformas e extensões residenciais sob medida no Reino Unido. Nessa conversa, analisamos seu fluxo de trabalho e como ele usa o Sketchup para agregar valor a seus clientes dentro das restrições de um orçamento apertado. Para Tom, “o SketchUp cria os meios de design e comunicação, com o cliente e o contratado, e vice versa”.

Conte-nos sobre sua experiência como arquiteto e como isso influência sua abordagem ao design.

Eu sou atraído pelos aspectos técnicos da profissão e da área. Felizmente, tive uma experiência muito prática na Universidade de Edimburgo, que me serviu bem na prática.

Como designer, você precisa conhecer o seu ofício… as lacunas de conhecimento se tornam aparentes quando você passa do design para a construção, principalmente quando se envolve em conversas com construtores e subcontratados.

Qual foi o momento “UAU!” para você com o SketchUp?

Ele veio em 2011 quando eu estava trabalhando na Jemima’s House, uma extensão para uma casa vitoriana com grandes ambições e um orçamento apertado.

Modelo do SketchUp e foto do projeto concluído mostrando a vista da área de refeições para o jardim na Jemima’s House, Londres.

 

Para gerenciar o orçamento, manter minhas taxas baixas e ainda agregar valor ao meu cliente, tive que ser muito eficiente com meu tempo. Queríamos criar um espaço interessante e funcional, utilizando materiais de baixo custo de maneira ponderada.

Isso significa que eu tive que rapidamente testar inovações e discutir idéias com Jemima. A modelagem do conceito no SketchUp ajudou imensamente durante nossas conversas, pois eu podia comunicar rapidamente minha intenção em 3D e também refletir as alterações com facilidade.

Para os projetos de reforma e extensão em que eu me especializei, pequenos detalhes como a espessura do isolamento podem afetar a área útil final do piso. Comunicar esses detalhes claramente aos construtores é muito importante para que o cliente obtenha o máximo de valor.

No SketchUp, eu crio todos os desenhos detalhados que precisamos e praticamente construo todo o edifício antes de irmos ao local. Ao fazer isso, posso identificar todos os erros. Uma vez que vi que eu poderia ir desde o conceito de design até os detalhes de construção no SketchUp neste projeto, parei de exportar minhas seções ou detalhes para outro software CAD. Agora eu sei que o que eu desenhei é o que os construtores terão.

Detalhes 3D da Construção do quadro de extensão

 

A transição suave do conceito para o site é crucial para um edifício de sucesso – Como você garante isso e como o SketchUp dá suporte ao seu fluxo de trabalho?

Eu começo todos os conceitos com esboços desenhados a mão. Concentro-me em acertar o fluxo do plano, enquanto incorporo os requisitos e desejos do cliente dentro das limitações de um terraço típico de Londres.

No estágio de projeto esquemático, recebo uma pesquisa do edifício existente e o transformo em um modelo do SketchUp.

Em termos de estrutura do meu modelo, cada andar é seu próprio componente, paredes e pisos são separados, e móveis e pessoas estão em camadas individuais. Ter um modelo bem organizado facilita a alteração ou a remoção de elementos.

Eu também configurei todas as minhas principais cenas e folhas no SketchUp Pro e no LayOut… plantas baixas, seções, elevações principais e vistas em perspectiva dos espaços principais.

Um desafio de design típico que tenho é conseguir atingir uma grande noção de espaço no interior com uma linha de teto mais alta, considerando as sombras projetadas nos vizinhos. Neste ponto, testar ideias em seções e em 3D me ajuda a chegar a uma resposta única e contextualmente apropriada.

Modelo conceitual inicial que mostra a imagem em 3D e o teste seccional de inclinação do teto responsivo ao contexto.

 

A saída do modelo pode ser usada para estudos de luz solar que podem ser enviados como parte dos documentos do aplicativo de planejamento.

Primeiros estudos de luz solar mostrando o impacto positivo de um tom de telhado sensível ao contexto. As sombras projetadas pela proposta não afetam negativamente o prédio vizinho.

 

Uma vez que os planos e seções são acordados, eu crio um modelo de construção separado para realmente trabalhar em todos os detalhes. Alguns dos ângulos na linha do teto significam que temos junções muito personalizadas e eu tenho que ser capaz de comunicar claramente a intenção de construção e design aos construtores.

Folha de desenho de construção criada no LayOut do SketchUp, que mostra uma perspectiva explodida de uma parede de extremidade de estrutura de carvalho sob medida e detalhes das principais junções.

 

À medida que o design progride, costumo criar um modelo separado para cada estágio chave.

Um modelo esquemático simples terá várias renovações … as alterações podem levar cinco minutos ou quarenta minutos, dependendo do grande salto que estamos dando. Uma grande vitória é que posso atualizar rapidamente as visualizações de seção usando o Skalp for SketchUp, e o LayOut  que seleciona automaticamente as alterações.

A proposta final do LayOut é o que eu uso para o aplicativo de planejamento.

Em seguida, crio um modelo de construção detalhado que nos leva no local. Em vez de paredes ocas, o modelo de construção técnica articula os detalhes da parede e do telhado.

Descobri que mostrar montagens e perspectivas de construtores em 3D ajuda-os a realmente apoiar a intenção do design.

Eles têm uma compreensão clara do que você está tentando alcançar e por quê. Na minha experiência, informações claras levam a ótimos relacionamentos no canteiro de obras.

Alguns construtores experientes em projetos anteriores me disseram que meus desenhos de construção do LayOut são alguns dos melhores detalhes que já viram!

Imagem mostrando a sequência de construção. Projeto Dangan Road por Tom Kaneko Design.

 

Quais padrões de desenho e modelos de estilo você usa mais no SketchUp e por quê?

Meu modelo do LayOut é muito simples. Eu costumo colocar desenhos em uma folha A3, pois é um bom tamanho para ver as coisas no computador e na impressão.

Eu uso a fonte Helvetica para anotações e mantenho todas as planilhas simples, legíveis e escalonáveis.

Com o passar do tempo, desenvolvi meu próprio conjunto de nuvens de revisão e desenho de blocos de título, mas meu princípio é manter os gráficos mínimos para que o design seja o centro das atenções.

Qual é a sua abordagem para renderização e visualizações?

Eu uso o Thea para renderizações porque é simples e incorporado no SketchUp. Também é uma ótima ferramenta de design para iluminação.

Qual atalho de teclado você não poderia viver sem?

Esconder o resto do modelo sem dúvida! “Ctrl + H” me permite editar um pequeno componente dentro de um vasto espaço.

Atenção: Ctrl + H é um atalho personalizado definido por Tom. Faça seus próprios atalhos personalizados também!


Leia Também:

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This