Conheça o novo modelo de construção do escritório M Moser Associates

Conheça o novo modelo de construção do escritório M Moser Associates
Rate this post

Conversamos com Jason Li, e Charles Corley, Diretor de Desenvolvimento Organizacional da M Moser Associates, sobre como o projeto e a construção virtual complementam uma abordagem integrada entre concepção e entrega de projetos. 

Nos últimos quinze anos, a M Moser, uma construtora multinacional com extenso histórico em projeto e construção corporativa, usou o SketchUp e o LayOut não apenas para o design e conceituação, mas como uma ferramenta vital de comunicação durante todo o processo de entrega do projeto.

O que o termo “DVC” significa para a M Moser?

Charles: É o Design Virtual da Construção, e com isso, queremos dizer um fluxo de trabalho de modelagem 3D totalmente construído que possibilita que qualquer um dos interessados entendam e participem de um projeto.

Podemos criar um ambiente virtual funcional que torne tudo claro para todos os envolvidos do projeto, independentemente de treinamento ou experiência.

Em vez de depender de um conjunto de documentos abstrato altamente codificados ou plantas 2D cheias de dados técnicos, uma referência visual é universal. Uma mesa parece uma mesa; uma parede parece uma parede.

Você não precisa de um especialista em documentos de construção para entender e colaborar plenamente.

O escritório M Moser prefere ter o máximo de responsabilidade possível num projeto. Na melhor das hipóteses, somos o designer, engenheiro, comprador e empreitero.

Se você quiser, a entrega é o projeto concluído. Temos uma variedade de culturas, entendimentos e origens na construção. Queremos que as pessoas se envolvam de maneira significativa e tirem o melhor proveito da contribuição e experiência de cada um, construindo um projeto no Sketchup bem antes de chegar ao canteiro de obras. “DVC” (Design Virtual da Construção) é uma ferramenta de comunicação que coloca todos no mesmo rumo para o resultado certo.

Que tipos de projetos são o foco do seu negócio?

Charles: Nós projetamos e construímos locais de trabalho. Não apenas escritórios corporativos, mas também campus corporativos, laboratórios, hospitais particulares, instalações privadas de ensino e locais de trabalho de todos os tipos. Você pensa, e nós já fizemos.

Usar uma ferramenta ágil como o SketchUp também é extremamente importante, pois esses tipos de projetos podem estar em constante mudança. Com projetos de construção mais tradicionais, você precisa definir as coisas bem antes da construção por vários motivos, como licenças, cálculos estruturais e materiais para pedidos.

Leia Também:

Mas os locais de trabalho, mesmo os extremamente grandes, podem permanecer fluidos no projeto. Até mesmo o tamanho das instalações pode mudar consideravelmente. Departamentos podem se movimentar.

Fusões e aquisições poderiam mudar toda a paisagem do escritório. A flexibilidade do SketchUp permite que toda a equipe, incluindo clientes, especialistas e terceirizado, se acompanhem.

Usar uma ferramenta ágil como o SketchUp também é extremamente importante, pois esses tipos de projetos podem estar em constante mudança. Com projetos de construção mais tradicionais, você precisa definir as coisas bem antes da construção por vários motivos, como licenças, cálculos estruturais e materiais para pedidos.

A construção virtual passa a ser tangível.

Mas os locais de trabalho, mesmo os extremamente grandes, podem permanecer fluidos no projeto. Até mesmo o tamanho das instalações pode mudar consideravelmente.

Departamentos podem se movimentar. Fusões e aquisições poderiam mudar toda a paisagem do escritório. A flexibilidade do SketchUp permite que toda a equipe, incluindo clientes, especialistas e terceirizado, se acompanhem.

Render, não só uma fachada bonita, a engenharia pode ser igualmente atraente.

O que é único na forma que vocês trabalham?

Charles: Em certo sentido, somos como uma criança teimosa. Somos radicais em mudanças e estamos constantemente evoluindo a forma como pensamos sobre informações de construção. Onde muitas empresas estão mergulhadas em documentação mais tradicional, estamos tentando tornar qualquer registro de informações de construção um subproduto da colaboração real e do trabalho em 3D.

Não queremos enviar pilhas de documentos para pessoas que nunca viram antes e dizer: “Leia isso e nos de um preço”. Preferimos envolvê-los desde o começo. Isso significa que todos os envolvidos no negócio, empreiteiros, fornecedores e o cliente trabalham juntos em 3D, do conceito à conclusão.

Estamos tentando sacudir a árvore onde muitas pessoas não querem mudar. Jason e eu temos muitas histórias de guerra sobre como as pessoas são incrivelmente teimosas para mudar e não querem considerar alternativas.

Dividimos várias suposições como “Você não pode usar o Sketchup para enviar ao governo documentos de aprovação” ou “Não tem precisão o suficiente” ou “Não podemos colaborar com consultores usando outros programas”. Esses argumentos são fracos e caíram por terra.

Jason: M Moser pode ser considerada única no mercado porque nosso foco não está só no design. Temos que considerar os empreiteiros e a construção. Para muitas empresas, seu papel termina quando eles entregam os desenhos e os documentos preenchidos, enquanto nós entregamos um resultado completo. E, além disso, nosso papel às vezes continua na operação e manutenção.

Detalhamento de uma Construção no LayOut pode ser modelado para todos os projetos em uma região.

Seus designers são encarregados de produzir modelos construídos virtualmente. Eles conseguem fazer isso de primeira?

Charles: Nem todo projetista tem experiência para realmente entender a construção. Eles tendem a desenhar a intenção do design e, em seguida, precisam trabalhar com outras pessoas para descobrir o que é possível.

Por exemplo, recentemente tivemos uma equipe discutindo um intrincado balcão de recepção.

O empreiteiro na sala apontou: “Se a mesa fosse quatro centímetros mais curta, poderíamos usar componentes de prateleira e não precisaríamos fabricar nenhuma peça personalizada”. O designer fez a alteração corretamente, racionalizando que isso não afetaria realmente a aparência geral, mas oferecia uma redução significativa no custo e no tempo de projeto.

Milhares de discussões colaborativas como essa ocorrem constantemente, muitas das quais não seriam possíveis em 2D.

Jason: Nós colaboramos diariamente, não é como uma fábrica onde eu faço meu trabalho e passo para outra pessoa, ou “toma essa pilha de desenhos, vai lá e faz.” Os projetos são realizados através de discussão e brainstorming.

As pessoas têm diferentes origens e assim podemos realmente evitar interpretações erradas sobre o que o designer pretendia.

O sequenciamento de construção virtual pode economizar meses no local.

As pessoas sempre terão opiniões diferentes, então isso sempre sai como planejado?

Charles: O que você veria em nossas reuniões seria um grupo de pessoas de diferentes profissões, olhando para um modelo sendo rodado em uma tela grande. A pessoa liderando a reunião não vem com todas as respostas, eles são o “principal questionador”.

A equipe encontra respostas em conjunto, marcando o modelo ao vivo e tirando as capturas de tela. Eles falam sobre o que precisa mudar e, às vezes, até mesmo fazem essas mudanças imediatamente. É realmente uma atividade em equipe.

A noção de sucesso vem principalmente do cliente, mas muitas vezes há múltiplas opiniões.

Alguns dizem: “Quero ter certeza de que tenho a quantidade suficiente de salas de reunião”; outra pessoa diz: “Eu quero ter certeza de que terminaremos a tempo”; outra, “quero ter certeza de que meu chefe vindo do exterior vai gostar”, e assim por diante.

Esses objetivos se misturam e formam a definição de um projeto bem-sucedido.

Jason: Estamos usando o DVC como uma metodologia para garantir que arquitetos, engenheiros, profissionais, especialistas e o cliente possam se comunicar em uma plataforma igual. Nosso objetivo é que todos entendam os objetivos do projeto para alcançar resultados.

A colaboração durante um projeto leva a uma entrega tranquila.

Leia Também:

Uma área de recepção elegante antes, durante e depois da construção.

Criar um modelo 3D construído parece um exercício que consome tempo. Isso é mais eficiente do que parece?

Charles: Muitos diriam que você pode fazer algo no AutoCAD mais rápido ou mais fácil do que você pode no SketchUp. Descobrimos que não é o caso se você o usar de forma inteligente. Há muitas vezes uma falsa compreensão da eficiência do tempo.

Entregue um projeto a alguns desenhistas e eles podem passar centenas de horas fazendo os desenhos, sem perder tempo para entender a construção.

Um gerente sênior teria que passar por cada página dos desenhos para verificá-los, tendo que usar seus necessários 20 anos de experiência para decifrá-lo efetivamente. Depois vem as imagens perspectivas. Artistas gráficos podem gastar uma quantidade excessiva de tempo configurando belos (mas em poucas quantidades) renders. Todas essas horas realmente somam.

Jason: DVC força as pessoas que estão fazendo os desenhos a pensar em que elas estão construindo, eles não podem apenas desenhar as linhas. Com nossa metodologia os modeladores criam tudo no SketchUp.

Leia Também:

Eles dividem o modelo em viewports diferentes no LayOut pra ver instantaneamente se algo não está funcionando.

A grande diferença, é que cada alteração ecoa imediatamente no conjunto inteiro.

Então o trabalho de todos fica mais fácil e rápido. Todo o fluxo de trabalho é condensado e fica mais evidente a todos num único olhar. Os erros são flagrados, “Oh, olha, essa parede não está conectando com o batente corretamente”.

Podemos ver onde a capacidade de construção está correta e onde ela está falhando, e podemos identificar isso cedo. Também há menos tempo gasto em visualizações. Podemos usar plugins para criar renders de qualquer posição em minutos ao invés de horas.

Encontrar uma falha aqui, é um passo a mais para eliminar problemas no site.

Ponha todos na mesma página com Animações do modelo em 3D.

O que seus clientes podem esperar nos primeiros estágios de projetos?

Jason: Nosso alvo é entregar visuais espetaculares para ajudar a transmitir a nossa ideia. Em certo ponto, nós tivemos um time de especialistas em visualização dedicados ao render, mas isso se tornou um gargalo porque o tempo tinha que ser programado com os poucos artistas 3D treinados naquele software.

Agora, nós estabelecemos maneiras de fazer o máximo que puder no SketchUp, que é a forma mais rápida.

Não há uma curva de aprendizado acentuada. Todo mundo pode tê-lo e todo mundo pode usá-lo para desenvolver renderizações lindas com uso de extensões. Não precisamos de tantos especialistas. Em Xangai e Singapura, utilizamos renderizadores como Enscape. Na Índia, nós nos inclinamos mais para renderizadores baseados em CPU, incluindo SU podium.

Charles: Também tivemos um problema com perspectivas desenhadas por terceiros.

Um designer poderia tomar liberdade para fazer algo parecer mais atraente. Nesse processo, ele poderia ter um entendimento detalhado de como o interior deve parecer, mas muitas vezes deixaria de fora as aberturas de ventilação, os painéis de acesso, as linhas de junção e os sprinklers, só porque achou que esses itens eram feios. Até pior, eles poderiam aumentar ou diminuir objetos para dar a falsa impressão do que se experimentaria.

Por migrar para a metodologia DVC, garantimos que as perspectivas permaneçam fiéis a realidade. Também podemos entregar lindos renders instantaneamente, para que você possa olhar rapidamente para as coisas de um ponto de vista diferente.

Há uma agilidade que é perdida ao criar perspectivas com outros fluxos de trabalho em que as mesmas visualizações limitadas são atualizadas repetidas vezes.

Render, um ambiente de trabalho deslumbrante é um ambiente de trabalho produtivo.

A sua metodologia atravessa regiões?

Charles: Desenvolvemos a nossa abordagem porque trabalhamos com empreiteiros treinados de maneiras muito diferentes e, até certo ponto, isso continua até hoje. No entanto, acreditamos que o aspecto de construção virtual do DVC é aplicável em qualquer lugar. Há uma grande quantidade de valor agregado em ser capaz de fazer mock-ups virtuais e dizer: “tem certeza que é isso que você quer? Porque olhe aqui, isso poderia ser melhorado.

Leia Também:

Modelos construtivos eliminam o desperdício de materiais e recursos, permitindo uma atenção sem precedentes aos detalhes antes de chegar ao canteiro. Se você pensar em tudo em um projeto como sistemas separados que devem se unir, há uma enorme quantidade de coordenação necessária no que era tradicionalmente chamado de estágio de desenvolvimento do projeto. Agora escolhemos chamar isso de desenvolvimento integrado porque estamos essencialmente combinando os sistemas de energia, iluminação, marcenaria, e muito mais.

O estágio de desenvolvimento integrado é onde grande parte da mudança ocorre e as decisões são tomadas.

Documentos ainda podem ser necessários por enquanto, mas eles registram o que já foi elaborado e entendido por todos e não servem para esse processo de tomada de decisão. Isso foi feito através de um modelo altamente construtível – uma construção virtual.

Fotografia; o produto final, um espaço limpo e nítido com materiais naturais.

Ficou interessado no processo de Design Virtual da Construção? Então que tal baixar grátis o SketchUp e testar seus conceitos adquiridos nesse post.

 


Leia Também:

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.