Criatividade na equipe de projetos de arquitetura: como estimular?

A criatividade na equipe de projetos de arquitetura é uma habilidade fundamental. Ela possibilita transformar atividades simples em ações completamente inovadoras e marcantes, que podem ser reconhecidas, inclusive, como tendências globais.

A grande dificuldade de muitas empresas é conseguir fazer com que seus funcionários se mantenham criativos, desenvolvendo sempre soluções inovadoras. Um excelente exemplo de profissão que necessita de ideias criativas diariamente é a arquitetura.

Assim, o grande desafio dos escritórios de arquitetura é motivar e estimular ideias criativas, destacando-se no mercado. É válido ressaltar que a criatividade é uma característica que temos desde o nascimento, sendo possível desenvolvê-la e exercitá-la cada vez mais.

A dúvida que fica é: como estimular a criatividade na equipe de projetos de arquitetura? Continue acompanhando este artigo e veja alguns pontos fundamentais. Boa leitura!

Sair da zona de conforto

Uma das primeiras dicas que damos para estimular a criatividade na equipe de projetos de arquitetura é tirar os profissionais de sua zona de conforto. Para isso, proponha novos desafios e busque, sempre, incentivar a criatividade em situações inesperadas, que normalmente não são vivenciadas.

Novas experiências promovem uma nova visão de mundo e facilitam o provimento de soluções eficazes e inovadoras. Além disso, os desafios são situações estimulantes e capazes de levar o profissional a ultrapassar seus limites.

Mas lembre-se: a ansiedade para entregar um projeto pode ser um grande empecilho. O ideal é fazê-lo de forma equilibrada, aprimorando a criação e ajustando as arestas.

criatividade na equipe de projetos de arquitetura

Fazer brainstorm

Outra maneira de incentivar a criatividade na equipe de projetos de arquitetura se dá por meio da utilização do brainstorm. Essa ideia é amplamente utilizada para desenvolver nossa capacidade de pensamento e criatividade.

O brainstorm consiste em deixar fluir todo e qualquer pensamento que vier à sua cabeça sobre determinado assunto. É fundamental não interromper o fluxo e, ainda, anotar todas as ideias que surgirem (mesmo que, inicialmente, elas sejam absurdas).

Esse procedimento de “pôr para fora” todo tipo de pensamento pode ser realizado de forma individual ou coletiva. Assim, as ideias podem se complementar e algo inovador pode surgir. Que tal dar uma chance para o brainstorm? Podemos garantir que você não se arrependerá.

Ter um momento de pausa

Momentos de pausa também podem ser de grande valia para o processo criativo. É comum termos momentos de “branco”, nos quais as ideias não chegam, após passarmos um longo tempo pensando sobre o mesmo assunto. Saiba que esse é o momento ideal para uma pausa.

Faça outra atividade que exija foco suficiente para que você esqueça aquilo em que estava pensando fixamente e, em consequência, bloqueando o processo criativo. Seu cérebro se tornará mais sensível ao que estiver ao seu redor, criando novos alertas e permitindo pensar em novas possibilidades e soluções.

criatividade na equipe de projetos de arquitetura

Criar conexões

Criar conexões é um tipo de exercício excelente para estimular a criatividade. A meta do exercício é unir ideias e conceitos diferentes e, a partir disso, criar algo contemporâneo.

Para tornar a atividade mais completa, pode-se utilizar objetos e formas aleatórias, incentivando sua equipe a uni-los. O uso de objetos desconexos pode fazer surgir conexões improváveis e bizarras. 

Apesar de simples, esse tipo de exercício é capaz de fornecer insights importantes para o processo criativo da equipe.

Brincar é benéfico

Participar de jogos e brincadeiras também é uma maneira de melhorar a criatividade na equipe de projetos de arquitetura. Brincadeiras — mesmo que infantis —, jogos lúdicos e até mesmo quebra-cabeças são atividades excelentes para estimular nosso cérebro.

Esse tipo de atividade é responsável, também, pelo relaxamento e alívio das pressões impostas pelas obrigações e rotinas do mercado de trabalho. Assim, após brincar um pouco, os profissionais apresentam uma grande melhora no processo criativo, colhendo benefícios na concentração. Por mais que seja estranho, brincar no horário de trabalho está se tornando uma atividade corriqueira.

Estudar as ferramentas

Nem só de diversão, brincadeiras lúdicas e pausas pode viver o profissional de arquitetura. É preciso que ele tenha ciência do que as ferramentas que ele tem à disposição são capazes de realizar. Saber operar os programas é um meio fundamental de garantir que o processo criativo seja simples e eficiente.

criatividade na equipe de projetos de arquitetura

Programas como ZWCAD, SketchUp, V-Ray e outros softwares possuem uma série de funcionalidades que permitem ao arquiteto pensar livremente e planejar um projeto inovador.

Além de proporcionar resultados mais eficazes, o conhecimento da plataforma será um grande aliado da sua produtividade, tornando seu trabalho mais qualificado e, principalmente, mais rápido.

Rascunhar sem precedentes

O projeto final de um arquiteto raramente é a primeira ideia que passou em sua cabeça. Portanto, use e abuse de rascunhos e esboços antes de definir qual linha de atuação e raciocínio será seguida.

Já dizia Toquinho: “numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo, e com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo”. Em outras palavras, por mais tecnológico que o mundo seja, não há nada como desenhar e projetar com papel e caneta na mão. Deixe sua mente fluir e desenhe livremente. No fim do processo, o acúmulo de traços sem sentido pode evoluir para soluções extraordinárias.

Produzir um esboço coletivo

Ações de esboço coletivo também são essenciais para promover a criatividade na equipe de projetos de arquitetura. A ideia desse procedimento é permitir que cada um dos integrantes da equipe desenhe um elemento e passe o papel adiante, para que outras pessoas complementem e acrescentem detalhes.

Quando o processo for finalizado e todos os integrantes estiverem satisfeitos, será preciso discutir se o resultado está adequado. Caso não esteja, inicia-se uma nova rodada de desenhos, acrescentando ideias e perspectivas diferentes.

Obviamente, esse tipo de exercício pode ocasionar uma série de debates, e o gestor deve conseguir tirar proveito da situação. Por meio de perguntas específicas, é possível questionar o rumo que o projeto está tomando.

Para tanto, tenha o projeto em mente e utilize algumas das perguntas a seguir, buscando extrair o máximo potencial dos membros da equipe.

  • O que precisaríamos fazer para adaptar esse projeto a um navio?
  • E se, em vez de um escritório, o projeto fosse para uma casa?
  • E se o local de execução do projeto fosse um país onde nevasse o tempo inteiro?
  • Há algum ponto dispensável no projeto? Por quê?

Evidentemente, existe uma série de perguntas que podem ser utilizadas para mudar o panorama da situação. Esse método é bastante utilizado para incentivar o cérebro a pensar em novas perspectivas e em situações que podem acontecer em nosso dia a dia. Lembre-se: alterações de escopo são situações corriqueiras em projetos arquitetônicos.

Estimular a criatividade não é uma tarefa fácil. Conseguir motivar os profissionais e prover situações em que eles consigam se desenvolver e extrair o que há de melhor é um processo demorado, mas eficaz. Vale a pena colocar as dicas que trouxemos em prática e, em seguida, colher os benefícios. Não deixe para depois!

Gostou deste artigo sobre como estimular a criatividade na equipe de projetos de arquitetura? O que achou de nossas dicas? Já ouviu falar ou utilizou algumas dessas práticas? Qual foi o resultado? Deixe seu comentário e participe de nosso blog. Contamos com você!

0 Comentários

  1. Da hora, trouxe uma perspectiva totalmente nova sobre criatividade pra mim.

  2. Ótimo conteúdo, criatividade e praticidade para desenvolver projetos em equipe são essenciais.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This